Socialize

segunda-feira, 18 de abril de 2011

Saramago


"Estou sempre tão ocupado com as dores que me dizem respeito que não me sobram olhos e compreensão para as dos outros e quando tal acontece não é para compreende-las, mas para chorá-las. Introvertido, labiríntico - e egoísta também. Mas como pode deixar de ser egoísta quem toda a vida viveu 'dobrado em si mesmo'? Quem toda a vida foi repelido, poderá deixar de ser egoísta? Deixem, portanto, que eu seja egoísta."

Nenhum comentário:

Postar um comentário